Citânia de Sanfins reentra nos lugares de subida

Citânia de Sanfins reentra nos lugares de subida

1.ª Divisão AF do Porto

75
0
COMPARTILHE

O Lousada “B” recebeu o Citânia de Sanfins num jogo de grande importância na luta de ambas as equipas aos lugares que dão acesso à subida de divisão.
Lousadenses e pacenses precisavam de vencer para não se atrasarem no “comboio da subida”. Um ponto separava as duas equipas e ambas queriam mostrar serviço.
Os homens da casa entraram mais fortes e dominadores e protagonizaram algumas jogadas que faziam “espreitar o golo”. Apesar da superioridade lousadense foi o Citânia a chegar à vantagem. Gato rematou e inaugurou o marcador, sem que nada o fizesse prever.
O Lousada tentou reagir ao tento sofrido e através dos seus homens atacantes, procurava o empate. Entre combinações e transições, os homens da casa aproximavam-se da baliza de Maciel, mas a pontaria na finalização não se mostrou afinada.
Lucas por pouco conseguia, mas o remate do camisola 36 rasou o poste da baliza contrária.
Com a falta de concretização, o Lousada começou a quebrar e permitiu ao Citânia fazer o segundo, num lance com algumas culpas para Sidnei.
No segundo tempo, os visitantes limitaram-se a gerir e os lousadenses foram atrás do prejuízo. Maradona, entrado ao intervalo, também tentou, por diversas vezes, fazer o golo mas sem grande sucesso.
Apesar das investidas, o Lousada não foi capaz de evitar e caiu assim para o 4.º lugar da tabela e está a dois pontos do segundo classificado, o Citânia de Sanfins, que ascendeu ao 2.º posto, um dos lugares que dá acesso à subida de divisão.

João Rodrigues
“Vamos trabalhar mais e melhor”

No final da partida, João Rodrigues mostrava-se visivelmente insatisfeito com a prestação da equipa. “Era um jogo para o qual nós trazíamos muitas expectativas, tínhamos perdido, na semana passada, o 2.º lugar e queríamos lutar para recuperá-lo. Tivemos uma entrada positiva no jogo, mas fomos perdendo agressividade e concentração. Sofremos dois golos caricatos que ditaram que fossemos a perder para o intervalo, onde pedi aos meus jogadores entrega e agressividade. Nunca fomos uma equipa esclarecida e não conseguimos criar oportunidades, mediante isso, acho que o resultado é justo”.
O golo sofrido, numa altura em que os lousadenses dominavam a partida abalou a equipa da casa como explicou o técnico: “A minha equipa perdeu discernimento com o golo sofrido.” No entanto, João Rodrigues não “deita a toalha ao chão e garante: “Vamos voltar a ter um trabalho que já tivemos neste campeonato. Faltam cinco jornadas, terminamos agora uma fase difícil, onde jogámos contra os adversários diretos. Vamos entrar num ciclo com outros adversários, que merecem todo o respeito, mas alguns já têm as suas classificações definidas. Vamos limpar as feridas e assumir muito esta derrota. A partir de agora, vamos fazer o que nos compete, que é trabalhar mais e melhor e conquistar três pontos em todos os jogos.”

Pedro Lima
“A vitória foi justa”

Do outro lado, Pedro Lima mostrava-se agradado com o resultado final: “Na 1.ª parte, o objetivo era dominar mais o jogo e aproveitar as costas da linha defensiva do adversário, porque sabíamos que era a fragilidade deles. Acabamos por ser felizes e fazer o golo e defensivamente estivemos muito bem. No 2.º tempo, o objetivo era apenas não sofrer golos e ter muita consistência para não darmos esperanças ao adversário de dar a volta ao marcador. A vitória acabou por ser justa”.
Na 2.ª parte, o Citânia de Sanfins limitou-se a gerir a partida e o técnico explicou porquê: “O campeonato é muito longo e nós não temos um plantel muito extenso. Em termos de cansaço, os nossos jogadores começam a quebrar, agora na reta final, e é importante fazer essa gestão física deles”.
Quanto ao que resta do campeonato, Pedro Lima assegura: “Os jogos contra os nossos adversários diretos são muito importantes, porque permitem-nos passar à frente. Aliás, no nosso caso são todos importantes, até porque nós acabamos por perder mais pontos frente aos opositores que não são diretos. Vamos lutar até ao final, vamos dar o nosso melhor e podem contar connosco até ao fim do campeonato.”

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA